Body & Food

My Go To Spices, Seasonings and Aromatic Herbs

(for the english version, please scroll down)

transferir (1)

(via Pinterest)

Como vais perceber pelo texto de seguida, “essencial” para mim engloba muuuuitas especiarias, temperos e ervas frescas!

A verdade é que gosto de comida bastante condimentada e não há melhor forma de o fazer do que recorrer a uma variedade grande de especiarias, temperos e ervas aromáticas.

Aqui estão os meus preferidos:

As you will see from the text, “essential” for me includes loooots of spices, seasonings and fresh herbs!

The truth is that I like very well seasoned food and there is no better way to do that, than use a variety of spices, seasonings and herbs.

Here are my favorites:

 

Básicos: São aqueles que acho que devem constar de qualquer despensa:

  • Sal e Pimenta: Uso sempre sal grosso, quer esteja a cozinhar, quer esteja a temperar uma salada; ultimamente ando a experimentar o Sal Rosa dos Himalaias mas sinceramente ainda não noto muitas diferenças.Quanto à pimenta, tenho um moinho com os grãos e faço questão de moer na hora porque a pimenta fica mais fragrante e saborosa. Para além disso, uso uma mistura de pimentas para tudo (Preta, Branca, Verde, da Jamaica, Rosa).
  • Alho e Cebola em Pó: Mesmo que utilize alho e cebola frescos, o que normalmente é o caso, acho que as variantes em pó dão um sabor extra, para além disso são óptimas alternativas quando queremos aquele sabor a refogado num prato mais “seco” como por exemplo nas minhas couves de Bruxelas no forno!

Basics: I think these should be in every pantry:

  • Salt and Pepper: I always use sea salt, whether I’m cooking or to season a salad; lately I’ve trying Pink Himalayan Salt but honestly I still don’t notice differences. As for pepper, I have a mill with the peppercorns in it and I freshly grind as needed because the pepper is more fragrant and tasty that way. Also, I use a mixture of peppercorns for everything (Black, White, Green, Jamaica, Rose).
  • Garlic and Onion Powder: Even if I use fresh garlic and fresh onion, which is usually the case, I think the powder versions give an extra flavor and are great alternatives when we want that garlic/onion flavor in a more “dry” dish, for example in my roasted Brussels sprouts!

 

Picante: Provavelmente o mais usado no meu arsenal. Adoro picante, quanto mais melhor e é uma óptima forma de dar sabor aos cozinhados:

  • Paprika, Pimentão Doce, Pimenta de Cayenne e Piripiri (e mesmo malagueta fresca!): Normalmente uso uma combinação dos três primeiros nos pratos salgados de forma a equilibrar o picante com o doce. O piripiri tendo a usar em grão e normalmente em pratos mais tradicionais portugueses ou para moer no almofariz.

Spicy: Probably the most used in my arsenal. I love spicy, the more the better and is a great way to add flavor to your cooking:

  • Smoked and Sweet Paprika, Cayenne pepper and Piripiri (and even fresh chilli!): Normally I use a combination of the first three in savory dishes to balance the spicy with the sweet. The piripiri is used in grain form and usually in more traditional Portuguese dishes, grinded in a pestle and mortar.

spice-vietnamese

(via Google)

Aromáticos: Desde pratos principais, bebidas até sobremesas e cozinhas internacionais, não há prato em que não se possa usar os aromas que vos apresento a seguir:

  • Canela, Erva Doce, Gengibre e Noz Moscada: Em primeiro lugar, canela em tudo! Adoro canela e se for bem utilizada até dá um toque doce aos cozinhados, o que equilibra muito bem um caril picante por exemplo. E o chá de canela para além de delicioso, faz maravilhas pelo corpo (mais sobre chás no futuro!). A erva doce é um clássico, desde as castanhas de outono até ao folar de páscoa ou mesmo um simples arroz aromatizado. O gengibre é uma óptima adição a chá, smoothie, caril e sobremesas, embora goste mais de utilizar a versão fresca do que em pó. A noz moscada, tal como a pimenta, uso em grão e vou moendo consoante a necessidade; fica óptima em sobremesas mas especialmente em molhos aveludados.
  • Caril, Açafrão das Índias, Cardamomo e Cominhos: Sempre que quero fazer um prato mais exótico, todos estes aromas entram, simplesmente fragrantes e deliciosos, ficam maravilhosos e deixam o palato a adivinhar os sabores complexos do prato. O caril como é uma mistura, muitas vezes já compro feito; o açafrão das índias fica perfeito num golden milk (receita a caminho); o cardamomo num arroz aromático e os cominhos em tudo, especialmente com batata doce e húmus.

Aromatics: From main dishes, desserts and drinks to international cuisines, there is no dish that cannot use the scents that I present next:

  • Cinnamon, Anise, Ginger and Nutmeg: First, cinnamon in all dishes! I love cinnamon and if well used, it can give a sweet flavor to food, which balances well in a spicy curry for example. Also, cinnamon tea which is beyond delicious and does wonders for your body (more about teas in the future!). Anise is a classic in Portuguese dishes, from autumny chestnuts to the Easter “folar” or even in a simple scented rice. Ginger is a great addition to teas, smoothies, curries and desserts, although I prefer using fresh instead of powder. Nutmeg, like peppercorns, I grind as needed; it is great in desserts but especially in velvety sauces.
  • Curry, Turmeric, Cardamom and Cumin: Whenever you want to make a more exotic dish, all these aromas come in, so just fragrant and delicious. These are wonderful and leave the palate guessing the complexity of flavors in the dish. Curry is a mixture and often I buy already made; turmeric is perfect in golden milk (recipe coming soon!); cardamom in an aromatic rice and cumin in all dishes, especially with sweet potato and hummus.

transferir (3)

(via Google)

Ervas Aromáticas: O que dizer sobre ervas frescas? Uma adição perfeita em termos de sabor mas também decorativamente no fim da confecção. Eu tenho algumas plantadas em casa e outras uso secas mas todas têm um perfil que funciona bem em pratos salgados e doces:

  • Louro, Ervas de Provence e Oregãos: Normalmente uso estas em formato seco e são uma óptima base, especialmente em pratos mais consistentes ou em grelhados no carvão.
  • Alecrim e Tomilho: Estas ervas mais robustas são perfeitas para adicionar a grelhados ou numa simples torrada esfregada com alho, com um fio de azeite e tomate esmagado. São facilmente plantadas e requerem pouca atenção. Experimenta!
  • Hortelã e Manjericão: Talvez as minhas ervas preferidas, talvez também as mais versáteis em pratos doces. A hortelã faz um belo chá digestivo, bem como adiciona uma certa doçura a um simples carpaccio de ananás e romã. Já o manjericão fica perfeito em pesto ou em qualquer tipo de massa!
  • Salsa e Coentros: Em Portugal são ervas chaves em praticamente todos os pratos tradicionais. Muitas vezes difíceis de distinguir visualmente, os seus sabores suaves acrescentam um perfil que completa muito bem uma simples salada até um belo risotto. Sempre frescos claro!

Fresh Herbs: What about fresh herbs? A perfect addition in terms of taste but also decoratively at the end of cooking. I have some planted at home and other I use dry but all have a profile that works well in savory and sweet dishes:

  • Bay leaf, Provence Herbs and Oregano: I typically use these in dry form and they are a great base, especially in more consistent dishes or barbecue grills.
  • Rosemary and Thyme: These more robust herbs are perfect for the grill or on a simple toast rubbed with garlic, a little olive oil and crushed tomatoes. They are easily planted and require little attention. Try it!
  • Mint and Basil: Perhaps my favorite herbs, perhaps the most versatile in sweet dishes. Mint is beautiful in a digestive tea and adds a certain sweetness to a simple pineapple and pomegranate carpaccio. Basil is perfect in pesto or over any type of pasta!
  • Parsley and Coriander: In Portugal, these are key herbs in virtually all traditional dishes. Many times is difficult to distinguish them visually but their mild flavors add a beautiful touch profile to a simple salad or a beautiful risotto. Always fresh of course!

images

(via Pinterest)

Temperos: Já sei que alguns dos que falarei em seguida não são propriamente temperos mas eu uso como tal e por isso é que estão na lista:

  • Mostarda: Prefiro usar Dijon e em grão mas o sabor é bastante forte por isso uso com cautela. Gosto de colocar em sandes e combinar com rúcula, tomate, tofu e azeitonas num pão pita para um almoço fácil de transportar.
  • Tamari: O primo sem glúten da soja, na minha opinião tem um sabor melhor e serve muitas vezes como substituto do sal, especialmente se estiver a fazer um prato asiático ou um salteado de legumes no wok.
  • Tahini: Esta pasta de sésamo fica perfeita quando se junta a batata doce, atum, espinafres e tomate para uma salada deliciosa mas compacta. Não esquecer também que é um dos ingredientes chave no húmus. Pessoalmente prefiro a versão torrada.
  • Pesto: As variações do pesto são infindáveis, é tudo uma questão de imaginação. Faço o meu sem queijo para uma versão sem lacticínios mas substituo pela levedura nutricional para o leve sabor a queijo. Também já experimentei com espinafres e agrião, com amêndoas e nozes e ficaram todas espetaculares!
  • Mel, Xarope de ácer e Agave: Os meus adoçantes de eleição para colocar por cima de panquecas, waffles, fruta e papas de aveia. Como não como açúcares refinados, estas são óptimas alternativas e com o tempo comecei a reduzir as quantidades porque o meu palato começou a querer menos açúcar.

Seasonings: I know that some of you will say that these are not proper seasonings but I use them as such and that’s why they are on the list:

  • Mustard: I prefer Dijon and whole grain but the taste is quite strong so use with caution. I like to put in sandwiches and combine with arugula, tomato, tofu and olives in a pita bread for an on the go lunch.
  • Tamari: The gluten-free cousin of soy, in my opinion has a better flavor and I often use it as a substitute for salt, especially in Asian dishes or sautéed vegetables in the wok.
  • Tahini: This sesame paste is perfect when you add it to sweet potatoes, tuna, spinach and tomatoes for a delicious but compact salad. Also, it is one of the key ingredients in hummus. Personally I prefer the roasted version.
  • Pesto: Pesto variations are endless, it’s all a matter of imagination. I do mine without cheese for a dairy free version but I’ll substitute it for nutritional yeast for that light cheesy flavor. I have also experimented with spinach and watercress, with almonds and walnuts, and they all were spectacular!
  • Honey, Maple Syrup and Agave: My sweeteners of choice to pour over pancakes, waffles, fruit and oatmeal. As I don’t eat refined sugars, these are great alternatives and over time I started to reduce the amount I put in because my palate began to crave less sugar.
     

o-condiments-facebook

(via Google)

Seja doce ou salgado, há sempre uma alternativa a juntar. Estas opções são apenas um ponto de partida para todo um mundo de possibilidades e combinações para as tuas criações. A tua imaginação é o que te vai levar a produzir os pratos mais saborosos!

Whether sweet or savory, there is always an alternative to add to your dishes. These options are only a starting point for a whole world of possibilities and combinations for your creations. Your imagination is what will take you to produce the tastiest dishes!

 

https://www.instagram.com/focusonblurry/

Signature line

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s